02 – Noção é Método da Teologia Dogmática

Teologia sobrenatural

  1. Noção

Tomando como base as declarações dogmáticas da Igreja, poderíamos denominar dogmática ou teologia dogmática a toda a teologia sobrenatural.

Mas com efeito se reserva o nome de dogmática ao conjunto de verdades teóricas que nos foram reveladas sobre Deus e suas operações (doctrina credendorum), fazendo objeto da teologia moral as verdades reveladas práticas que devem reger as ações do homem (doctrina faciendorum). Podemos, pois, definir a teologia dogmática com as seguintes palavras de SCHEEBEN (Dogmátik, Einleitung, n.2): “É a exposição científica, embasadano dogma católico, de todos os ensinamentos teóricos que por revelação divina nos foram comunicados acerca de Deus e suas operações”.

2. Método

O método da teologia dogmática é positivo e especulativo, razão pela qual se distingue entre teologia dogmática positiva e especulativa.

A teologia dogmática positiva nos ensina que o magistério eclesiástico nos propõe uma doutrina teológica para que a creiamnos (elemento dogmático) e que tal doutrina se está contida nas fontes da revelação (elemento bíblico-patrístico). Ao começar a defender a doutrina católica contra idéias errôneas, se converte em teologia controversista (elemento apologético ou polêmico).

A teologia dogmática especulativa que se identifica com a chamada teologia escolástica, se esforça por compreender o máximo possível, as verdadesreveladas, mediante o racionício humano.

Não devem separar-se dos métodos especulativo e positivo, antes sim, o ideal consiste na síntese armônica do dato dogmático e o raciocínio, como precreve expressamente a autoridade eclesiástica. Pio XI ordena na constituição apostólica Deus scientiarum Dominus (1931) que “se exponha a sagrada teologia segundo os métodos positivo e escolástico”. O estudo especulativo “há de ser segundo os princípios e a doutrina de Santo Tomás de Aquino” (art. 29).; cf. Vaticano II, Decreto sobre a formação sacerdotal, no. 16; SANTO TOMÁS, Quodl. IV 9,18.

Bibliografia: J. CHR. GSPANN, Einführung in die katholische Dogmatik, Re 1927. J. BRINKTRINE, Einleitung in die Dogmatik, Pa 1951. A LANG, Die loci theologici des Melchor Cano und die Methode des dogmatischen Beweises, Mn 1925. J. SOLANO, El conocimento y el método teológico, EE 18 (1944) 217-232. B. G. MONSEGÚ, La actualidad teológica: hechos i ideas, RET 10 (1950) 179-204, 335-360.

(trechos retirados e traduzidos por Alessandro Lima a partir da obra MANUAL DE TEOLOGÍA DOGMÁTICA, de Ludwig Ott. Barcelona, 1968. Ed. Herder. Pgs 29).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s